quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Fazendo um filme...

Este post já estava na calha há algum tempo, e sim, foi confirmado antes com o meu namorado de nome sr fofinho que me assegurou que não se importa que escreva sobre nós no blog desde que seja sempre com ponderação e não coloque fotos do seu rosto. Tenho cumprido, não escrevo nada sobre a nossa intimidade (que é maravilhosa) e fotos onde ele está cmg só se percebe uma ou outra parte do corpo e isso tb tem uma explicação além do pedido dele, é que o meu namorado é lindo e eu não quero que seja cobiçado.
Assim sendo vamos falar de uma coisa que o sr fofinho faz com moderação é certo, mas que mesmo assim me deixa chegadinha aos nervos (a sorte é mesmo que o faz poucas vzs) - quando saimos do cinema faz comentários sobre a actriz em questão e eu não gosto. Eu sei que são inocentes, não passa de um perguntar se a achei gira, ou que ela tinha umas pernas não sei como ou um rabo assim ou assado, mas eu não gosto. Sou aquele tipo de pessoa que não vai ver um filme por me parecer que o actor é giro ou armado em bom e além dos ciumes com que fico este facto ainda me faz estranhar mais pessoas que façam esses comentários. Depois há a eterna questão do sr fofinho ter preferênca por mulheres latinas, morenas e de cabelos compridos. Vou dar um exemplo de uma actriz que a ele lhe enche as medidas (a mim n me diz nadinha)

E o que é que eu tenho de semelhante a ela? Rigorosamente nada! Claro que dps uma mulher fica insegura qd ele faz comentários sobre as bombas latinas que aparecem nos filmes, quando na realidade se eu pensar numa actriz que seja do mesmo género do que eu a primeira imagem que me vem á cabeça é esta

Estou realmente a ser uma drama queen eu sei. Na realidade ele vai ter que se contentar com a menina de pele clara, olhos camaleonicos (umas vzs verdes outras castanhos) e cabelo cor de burro quando foge e que ultimamente de comprido pouco tem ( á Sissi e á Lamparina que não me conhecem tão bem aqui fica uma foto minha assim bem próxima e provavelmente n me vou aventurar tão cedo a colocar outra deste género)

Esta é a namorada fofinha que ele tem. Nunca serei latina, claro que para aproximar a uma boa versão caucasiana hollywoodesca posso deixar crescer o cabelo, perder uns kgs e fazer solário, mas o mais próximo que vamos conseguir e com mt esforço é mais ou menos isto

De resto o que eu prefiro mesmo é que me convença que eu sou a mais linda de todas e que só tem olhos para mim (as meninas de hollywood são parte ludica) se não logo não á noite n há disto

Obs1: mulher ressabiada é do pior que há! Hummmffff!!!

Obs2: não me posso queixar assim tanto que conheço alguém que sofre horrores com o facto de não ser parecido com o George Clooney. É raro o dia em que a namorada não lhe envia uma foto retirada do jornal a ameaçar fugir com o George. Isso não se faz! Shame on you...

5 comentários:

Imperatriz Sissi disse...

Querida Su, este post fez-me sorrir porque costuma acontecer-me o contrário: eu em relação a mulheres no ecran não sou nada ciumenta (e em geral não sou ciumenta, a não ser que haja flirt à minha frente - aí saio porta fora com eventuais desastres pelo meio). Mas já tive queixas e amuos por comentar inocentemente " que homem mai´bem apessoado". Quanto às bombas latinas, também não lhes acho piada, têm um ar agressivo. Uma bela italiana é diferente. Embora a Eva Mendes seja das mais bonitinhas (e vista muito bem) não a acho a nova Sophia Loren, nem pensar. E sem puxar a brasa à minha sardinha, acho que estás lindamente branquinha e mimosinha, como diria a avó, com cabelo claro e olhos esverdeados. Beijinhos.

menina lamparina disse...

Ahahahahahah este post é fantástico. Adorei! :D

Primeiro que tudo, porque é o mais importante: és mesmo uma namorada fofinha. E não tendo nada de latino, és uma portuguesa bem gira.

Segundo: Não vejo semelhanças com a Adele, de facto.

Terceiro: Eu não tenho ciúmes de pessoas inatingíveis. E explico porquê: eu própria tenho bégans por actores ou cantores que não só não têm nada a ver com o meu noivo, como ainda tenho a certeza absoluta de que não teria nada com eles, caso surgisse essa maravilhosa hipótese.
Por exemplo, o Jude Law, por mais giro que seja, não me dava a volta. São pessoas que gosto de ver e não passa disso mesmo. O Lenny Kravitz, o Matthew McConaughey, o Gerard Butler ou o Michael Bublé são outros exemplos de espécimes do sexo oposto que servem apenas para limpar as vistinhas.
Comigo é ele que se queixa, diz que só acho o máximo homens que são muito mais altos que ele, muito mais tudo que ele. Parvoíce.
Faço-o da mesma forma que aprecio uma mulher bonita.
Sou a primeira a dizer ao meu namorado que aquela actriz que não tem nada a ver comigo é lindíssima e podre, quando estamos no cinema e eu não consigo desviar os olhos do corpanzil dela.
Claro que se ele dissesse algo do género: "Yah, quem me dera comê-la", o filme seria outro! :D

Engraçado é que ele gosta do género Marion Cotillard e eu sou toda virada para as Kardashian deste mundo (identifico-me mais com as morenas e tal).

Sou ciumenta (muito), mas só quando há pessoas de carne e osso.

Porque não arranjas também uma listinha de favoritos? Tu percebias melhor as observações dele e ele sentiria uma pontinha do que te transmite. Não? ;)

Beijinho*

Ao Virar da Esquina disse...

Pois é meninas, mas isso cmg não funciona e essa lista ia ser um verdadeiro fracasso se fosse feita tendo em conta os actores favoritos - Anthony Hopkins, Leean Neelson e Steven Seagal...

Anónimo disse...

amiga tambem recebo fotos do gajo, achas que me devo preocupar! ohohohohohohoh mas que o gajo é lindo é..............

Ao Virar da Esquina disse...

Querido A o ps2 era msm para ti... Mas não te preocupes que se a tua cara metade fugir com o George tens sempre entrada directa na minha casa e se for pela porta da cozinha melhor ainda ;-)
Além de que és mil vzs mais giro que o outro!