segunda-feira, 30 de novembro de 2015

domingo, 29 de novembro de 2015

Dia de festa

Hoje Sr Fofinho faz 31 anos!


Sai um jantar para 11 pessoas!

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Adele - Hello





Tudo louco com o anúncio da vinda da Adele a Portugal no mês de Maio.

Por aqui? Estou a pensar seriamente no assunto...

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

É tudo uma questão de base

E com 33 anos, é cada vez mais complicado sair à rua sem ela.

Então estas são as minhas queridinhas do momento:



A da Rituals é a base com menor cobertura e com um efeito mais natural. É a que eu uso quase diariamente.

Os pontos negativos são que muitas vezes não têm a minha cor, que é a mais clara e o spf ser tão baixo. Por outro lado consigo muitas vezes comprar esta base por apenas 10 euros, na época de saldos da loja.


Esta base da Mary Kay é a que uso quando quero maior cobertura e faço uma maquilhagem de noite ou mais complexa,  que pede uma pele mais iluminada. É óptima para pele oleosa.


A Lingerie de Peau tem uma grande problema que é não encontrar a minha cor em Portugal. Nos últimos anos alguém me trás a base de Andorra ou de Paris e vai dando para resolver a situação, porque preciso de 1 ano e meio para gastar um frasco destes. É a base perfeita quando quero ficar com uma pele com aspecto de porcelana.


E a Even better é a base que uso de verão, por ser a que tem o tom mais escuro e só funcionar quando estou bem bronzeada.


quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Daquilo que não faz sentido

Ir à missa sem vontade. Confesso que já me aconteceu muitas vezes ir à missa apenas para agradar quem a mandou rezar. Nós temos aquele hábito de mandar rezar uma missa por alma dos familiares que partiram e deixar de estar presente nessas alturas, é claramente desvalorizar os sentimentos da pessoa que nos comunicou a marcação. Por essas e por outras já me aconteceu muitas vezes pensar isto, enquanto bocejo e esfrego os olhos a tentar afastar o sono, no decorrer da missa das 9h da manhã...


Hoje é o dia do aniversário do meu pai, que faleceu este ano. Decidi marcar uma missa para ele e para a minha mãe e não disse nada a ninguém. Fui sozinha por vários motivos - porque não há relação espiritual mais intima que aquela que tivemos/temos com os nossos progenitores, por isso estes momentos só nos dizem respeito a nós. Depois quando estamos a sós com Deus, podemos ser nós próprios, porque ele sabe exactamente quem nós somos. Se nos emocionarmos durante a missa podemos chorar, rir ou desconectar que ninguém nos vai dizer nada. Não temos que parecer fortes, frágeis ou indiferentes. Não temos que parecer nada daquilo que não somos, nem fazer nada daquilo que não sentimos. Hoje foi a melhor missa de sempre.

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Dos dias menos bons

Para algumas pessoas quando o seu animal de estimação morre, todos os dias passam a ser menos bons. Eu sou uma dessas pessoas.


segunda-feira, 23 de novembro de 2015

domingo, 22 de novembro de 2015

A lembrar o fds passado





Um final de tarde com calor, a receber os últimos raios de sol da tarde.

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Eu adepta das gastrites me confesso...

Gosto tanto de ter dores de barriga e andar entre o centro de saúde e a casa de banho, que arranjo intoxicações alimentares de propósito! É assim tão difícil de acreditar? Olhem que todo o parlamento acredita nisso, quando hoje decidiram que uma mulher que quer fazer um aborto não deve pagar taxa moderadora. Ora é óbvio para os senhores deputados que a dita cuja não "arranjou" uma gravidez, tal como eu "arranjo" uma gastrite. As mulheres que abortam têm lá a sementinha por geração espontânea e não têm que pagar taxa moderadora, porque não fizeram esse filho! Pergunto eu - porque é que uma mulher que se quer livrar de um filho tem mais direitos, que qualquer utente que tenha uma gripe ou uma dor de barriga?


É disto que o estado gosta!

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Tardes de chá

As escolhas têm sido a minha preferida de sempre - camomila, mas também maçã canela e cidreira mel.


quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Montjuïc

Montjuïc é uma colina situada na zona sudoeste da cidade de Barcelona, de onde se domina visualmente o porto e a zona antiga da cidade. 


Para lá chegar apanhei o metro até à estação parallel e de lá o funicular até ao topo.


Claro que quando lá chegamos descobrimos que afinal aquilo não é bem o topo e se queremos ir ao castelo, temos que ir no teleférico.


É um passeio bonito e seguro, tanto quanto pode ser um teleférico... Não dá para tirar grandes fotos lá de dentro, porque apanhamos as cabeças das outras pessoas juntamente com a paisagem. Se nos levantamos para tirar umas fotos melhores começam logo a olhar para nós de lado, com medo que vamos balançar demais a "caixinha" onde estamos.


E quando chegamos lá acima temos o Castelo de Montjuïc, que mais não é que um grande forte militar. É bonito de se ver, principalmente o exterior, mas lá dentro não tem nada de especial.


Sou sempre a favor de se visitar o melhor possível o local onde estamos, de acordo com o tempo que temos e a disponibilidade financeira.


Por isso aqui fica a dica de quem o visitou - se estão numa viagem mais corrida ou se o dinheiro é curto, podem bem dispensar o tempo ou os 5 euros que custa a entrada neste Castelo.


Conseguem tirar fotos lindas no exterior e a vista panorâmica é maravilhosa, mesmo sem entrar no castelo.


Não consegui visitar Montjuïc na primeira vez que estive em Barcelona e deixei para segundas núpcias. Foi uma boa decisão e embora tenha gostado de lá ir, penso que seja sempre um local secundário para visitar quando se tem apenas 2 ou 3 dias para conhecer a  cidade.



terça-feira, 17 de novembro de 2015

Instrução não é educação

Aqui está o perfeito exemplo disso.


segunda-feira, 16 de novembro de 2015

domingo, 15 de novembro de 2015

Going black

Parece que as unhas pintadas de preto estão na moda este inverno. Deixou de ser gótico para ser apenas sofisticado. E na noite um que fui ao teatro vi uma rapariga com as unhas pintadas de preto e muitos acessórios prateados e brilhantes que ficavam lindamente combinados com o negro das unhas. Parece que amanhã sempre vou fazer a vontade à minha Anita que já há algum tempo anda a insistir comigo para pintar as unhas de  preto.


sábado, 14 de novembro de 2015

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Upps - parece que interrompi alguma coisa...

Ontem fui receber a renda a casa dos meus novos inquilinos. Ele abre a porta e manda-me entrar para a sala, puxa uma cadeira e convida-me a sentar. Agradeço, digo que não me posso demorar que tenho o jantar ao lume. De repente aparece a mulher, já vestida de camisa de noite e ele fica muito surpreendido, porque pensava que ela não estava em casa... Pergunta-me - a minha mulher estava em sua casa? (porque é que eu havia de ter a mulher dele em camisa de noite em minha casa?) Eu achei aquilo tudo muito estranho e respondo que não.



A mulher rapidamente se explica - estava escondida atrás do sofá para te pregar um susto! Tendo em conta a camisa de noite que vestia, fiquei com a sensação que interrompi qualquer coisa naquela casa. Eu tenho os inquilinos mais estranhos do mundo...

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

A Sagrada Família

Por fora pareceu-me exactamente igual àquilo que vi em 2006, mas na realidade a obra avançou...



É tão monumental, que mais grua menos grua, mais torre menos torre ficamos sempre é com a sensação do imenso impacto que causa todo o conjunto.


E depois lá dentro tudo se torna irreal. A sensação que tive desta vez que vi o interior já acabado, foi a de estar dentro de um "palácio" extraterrestre. Eu sei que pode parecer estranho, mas as formas e as luzes remeteram-me logo para aqueles palácios longínquos onde vive a princesa Leia da Guerra das estrelas. Provavelmente mais ninguém vai ter essa sensação, afinal eu sou um pinky winky...


A porta com o Pai Nosso escrito em todas as línguas está perfeita!


E o altar com Cristo suspenso parece mesmo divino...


Os nossos olhos são imediatamente atraídos para lá.


Desta vez também fui visitar a cripta.


Aqui está o túmulo de Gaudi.


Fica certo o regresso para 2026, quando a Catedral estiver acabada.

terça-feira, 10 de novembro de 2015

Do bom teatro

Além de ter ido ver a peça Plaza Suite, que adorei, ainda tenho estas debaixo de olho...




Pena os bilhetes para a peça E morreram felizes para sempre serem tão caros...

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

sábado, 7 de novembro de 2015

Plaza Suite

Vamos hoje e eu espero que resulte numas belas gargalhadas.



sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Bairro Gótico e Palau da Música Catalana

Acho que o bairro gótico é sempre o melhor sitio para começar a ver Barcelona, principalmente para quem fica alojado num hotel nas Ramblas como era o nosso caso.


Com ruas e recantos bonitos por toda a parte.


Com alguns hotéis já enfeitados para o Natal.




A caminho da catedral.


No telhado da mesma.


E no claustro a espreitar os gansos ao longe, que já se sabe que eu não sou amiga de aves, nem elas  minhas amigas. Se bem que os gansos não são amigos de ninguém...


A fachada principal.


O Palácio da música catalana não está no roteiro turístico da maioria dos turistas que visitam Barcelona, mas para mim é imperdível.


Tinha lá estado com a minha mãe e ambas achamos que este espaço era e continua a ser um dos mais bonitos da cidade. Todos vão com referências de Gaudi, Picasso e Miró e esquecem-se da grandeza de Luis Domènech i Montane, um dos expoentes máximos do modernismo na Catalunha.


Domènech i Montane, imaginou este espaço como uma floresta bem florida, cheia de pormenores e muito alegre e delicada. Quando estamos dentro do auditório, sentimos que estamos mesmo envolvidos naquele mundo encantado.


Verdade que o preço dos bilhetes é elevado, cerca de 14 euros por pessoa já com cupão de desconto. De qualquer forma isso não deve ser motivo para não o visitar, porque em Barcelona todas as entradas nos monumentos têm preços exorbitantes.


As fotografias não fazem justiça ao espaço, por isso não há nada melhor do que lá ir ver com os próprios olhinhos.