terça-feira, 31 de julho de 2012

Não há nada como realmente...

chegar um momento dificil para perceber quem é o nosso parceiro e a resistência da relação que temos. E os últimos meses foram dificeis, cada um enfrentou e ainda enfrenta dificuldades muito diferentes. No caso do sr fofinho foi o apoio para a troca de carro, foi o disponibilizar-me para ser fiadora dele no próprio dia, coisa que só não aconteceu porque o banco não quis. Foi passar uma manhã inteira com ele na loja do cidadão para tratar dos documentos, foi ir ás finanças por ele pagar o imposto, foi fazer uma surpresa e oferecer um jantar num dos seus sitios favoritos para celebrar a compra do carro. E infelizmente vai ser, ter que passar esta semana a ir leva-lo e busca-lo ao trabalho porque o carro novo avariou e vai estar na oficina toda a semana. E eu acho que é nestes gestos que ficamos a saber quem temos ao nosso lado. É no abdicar de horas de descanso, é no fazer mais klm todos os dias, é no ficar uma semana longe da nossa casa e da familia e ainda assim fazer tudo isso com gosto. E é também na ajuda financeira que se dá de coração, caso o dinheiro não chegue para pagar a despesa da oficina, caso não chegue para se fazer a longa viagem de férias tão aguardada todo o ano. Porque se há coisas em que os casais falham é na dedicação ao outro, principalmente no que diz respeito ao dinheiro e ao apoio para os problemas "do outro", que afinal também são nossos quando amamos essa pessoa.


sexta-feira, 27 de julho de 2012

Não é bem uma poker face mas...

onde raio aprendi eu a fazer isto tão bem? Há 2 ou 3 criaturas lá no trabalho que despertam o que de mais cinico há em mim (sim também sei o que isso é), mas nunca faço guerra aberta, primeiro porque me cansa e depois porque não valem o esforço. Cada vez que me dirigem a palavra eu faço este sorrisinho simpatico e lembro-me sempre deste gato. Será que também já me cresceram os bigodes?



quinta-feira, 26 de julho de 2012

É tão dificil escolher só um...

O drama que é ter que escolher uma mala quando todas são giras e uns sapatos, quando todas as cores nos fazem falta?






quarta-feira, 25 de julho de 2012

Viagens na minha Terra - Monção II

Foi a primeira vez que coloquei os meus lindos sapatinhos nesta terra que teve a sua carta de foral por D. Afonso III em 1261. Velhinha como é, está cheia de recantos mágicos, histórias e lendas antigas. A mais famosa de todas é a de Deuladeu Martins, que hoje em dia também dá o nome a um belo vinho alvarinho. Por toda a cidade encontramos referências a esta lenda.



Uma vila pequenina e bonita que se visita numa tarde.


A estátua que personifica Deuladeu Martins.

 
A muralha da Vila que ela ajudou a salvar. E aqui fica a lenda...
 
Lenda ou realidade, Deu-la-Deu Martins é uma figura conceituada e que ficou para sempre na História de Portugal. No século XIV Monção foi cercada pelos soldados de Castela em virtude da guerra que decorria entre D. Fernando de Portugal e Henrique II de Castela. É desta altura que data a lenda de Deu-la-Deu Martins, mulher do capitão-mor de Monção, Vasco Gomes de Abreu. Após um longo cerco às muralhas de Monção, a fome reinava no interior da fortaleza, e começavam os habitantes a pensar em rendição. No entanto, Deu-La-Deu manda recolher o pouco trigo que existia pelas cercanias e manda cozer alguns pães. Lançando-os aos galegos, depressa a estratégia teve um efeito devastador nas hostes inimigas que julgaram estar a fazer um cerco a uma vila onde reinava a abundância. Figura histórica ou simples lenda, o que é certo é que muitos reclamam ser seus descendentes e em sua honra foi erigida a estátua que adorna a Praça de DeulaDeu, supostamente mandado construir pelo seu bisneto. Também o brasão da vila ostenta a figura da nobre mulher a distribuir pães do alto da fortaleza.

sábado, 21 de julho de 2012

Por onde andam as nossas pernas?

As do casal fofinhos estão por aqui... junto a muitas outras pernas... Que bela ideia!

São só correntes de ar... ou manias

Vamos imaginar (sim porque sr fofinho está de férias e não vem ver o blog lá onde está, mas não querendo correr o risco, vamos só imaginar), que eu tinha feito uma reserva de fds numa cadeia de hoteis e resorts em Portugal, assim daquelas estupidamente caras e luxuosas. Só porque sim, porque vamos celebrar no próximo mês 1 ano e meio de relação, porque passei as férias todas em casa a cuidar da minha mãe e porque me deu na bolha ir chapinhar para ali. É surpresa, mas como ele não lê os posts atrasados acredito que este lhe vai escapar.
Ora então vai daí e ainda mantendo esta situação hipotética eu teria enviado um email 4f á tarde para o suposto resort. Um email em que dizia em que fds queria a minha marcação e em que pedia também confirmação de late check out (para aquilo que vou pagar é bom que me deixem chapinhar mais tempo!!!) e de cama de casal. Ora este suposto resort de luxo devolve a resposta ao meu email hoje, 3 dias depois do pedido (que escandalo) e ainda tem a real lata de ter ignorado por completo os meus dois pedidos. Fez o favor de responder que teria a reserva confirmada para a data que pretendo, qual é o código de reserva e quanto as minhas questões nicles... Pergunto eu... peço livro de reclamações assim que fizer o check in ou quando fizer o check out? É porque disso eles não se livram... é só um nome cheio de correntes de ar e manias e depois o serviço é miserável!


sexta-feira, 20 de julho de 2012

O novo refresco cá de casa

1 litro de chá de erva principe que deixo assentar uns 30 minutos depois de ferver, até que o possa coar para o jarro. 3 colheres de sopa de açucar mascavado, 1 limão grande, metade em sumo e a outra metade em rodelas. Refrescante, diurético, depurativo e com poucas calorias.


quinta-feira, 19 de julho de 2012

Bate bate coração

Ontém a medicina do trabalho foi fazer uma ronda na empresa e eu fui uma das funcionárias que saiu na rifa para ser examinada. Com dificuldade, visto que ninguém me queria deixar sair para ser examinada. É comum naqueles que têm um trabalho e não um emprego... Ao fim da tarde lá fui eu com o copinho do xixi já feito de manhã e ali colocado de parte sempre à espera de ordem para me deslocar ao doutor. Resultado? Glicémia, ok. Tensão baixa - poderia ser do calor. Uma ligeira infecção urnária. O electrocardiograma indicava que tenho aritmia de espaço dois. Não posso ficar ansiosa, fazer esforços violentos nem ficar exposta ao calor ou muitas horas de pé. Por coincidência já tinha a minha consulta anual de rotina marcada para hoje. Quando cheguei á médica de familia, vá de repetir tudo quanto me disseram ontém. Resultado? Glicémia ok. Tensão ok. Repeti a colheita de urina e não tenho nenhuma infecção urinária. Novo ecg marcado para a próxima semana para confirmar a suposta arritmia. Afinal tenho o coração escangalhado ou não?


terça-feira, 17 de julho de 2012

Aos 30 anos...

No dia em que fiz 30 anos o pensamento que tive foi que devia cuidar mais de mim e fazer mais coisas de que goste. Com a doença da mãe tudo isto não tem sido possivel. Não pelo facto de ter um tumor e estar a fazer medicação para o tratar e com uma grande taxa de sucesso, mas por ser uma doente bipolar com cancro. São noites seguidas que passo sem dormir, são os 5 ou 6 pratos de comida que faço por dia na esperança que coma alguma coisa, sem dizer que esta azedo estragado ou sem sal. É convencer que não pode abusar no tabaco visto que tem um tumor no pulmão ( é uma daquelas pessoas que nem com um susto á séria deixa de fumar) e é convencer todos os dias que tem que tomar a medicação. Estou a ficar consumida pela doença dela. Foram as férias de verão todas passadas em casa com ela, são os dias que vou trabalhar com 1h ou 2h de sono. É o tempo que deixei de ter para cuidar de mim ou ter um simples prazer. Se meia hora depois de sair do trabalho não estou em casa já me está a telefonar. E não é uma pessoa desamparada, tem o meu pai a cuidar dela todos os dias. A doença bipolar no caso dela está a ser pior do que o tumor, por incrivel que pareça.
E eu vou ter que começar a arranjar uns fds para desanuviar e também já decidi que em setembro volto para o ginásio, se não qualquer dia também sou eu que fico doente. É tão fácil ficarmos prisioneiros das doenças dos outros e acabarmos tão consumidos por isso que nem auxilio em qualidade lhes conseguimos prestar. Afinal se eu não estiver bem, como é que posso ajudar alguém?

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Dia Santo na casa

com sr fofinho de férias. Fui trabalhar e meia hora depois já estava em casa dos sogros para irmos regar as plantas a casa da minha cunhada que também está de férias (todos de férias menos eu) hunnfff!!!
Depois eu e a sogra fomos ao supermercado ás compras e comer um gelado juntas. Quando voltamos ainda me perguntavam se eu não queria ficar lá a dormir e almoçar com eles visto que amanhã estou de folga. São uns queridos. Nunca entendi muito bem aquelas  pessoas (maioria mulheres) que não se entendem nem com a sogra nem com a maioria da familia do marido. Ou sou eu que tenho muita sorte com a familia dos namorados, ou tenho bom feitio e a coisa dá-se. É muito fácil sentir a sua sobrinha como minha sobrinha, a minha menina espevitada e voluntariosa para os seus 8 aninhos, a irmã dele como uma cunhada disponivel, cuidadosa e com bom senso alguém com quem se pode contar e os pais dele, não como os meus pais, mas como se fossem uns tios de quem gosto muito. Tenho muita sorte com a familia que me "adoptou"!


sábado, 14 de julho de 2012

Oh pra mim aqui tão sozinha...

Primeiro dia de férias do Sr Fofinho longe de mim (desde novembro) e eu a trabalhar...

sexta-feira, 13 de julho de 2012

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Fiquei sem coração...

Ontém Sr Fofinho fez uma surpresa à menina e fomos passear ao final do dia para Cascais. Fomos ficando e ficando e acabamos por jantar lá que eu já estava melhor da minha barriguinha. A noite correu tão bem que parecia perfeita até que cheguei a casa e comecei a tratar das minhas coisas para ir dormir e reparei que já não tinha o fio com o coração de viana ao peito! Tinha sido uma prenda de aniversário que adorei e mal durou 15 dias. Detesto quando estas coisas me acontecem. Não perco documentos, não perco óculos de sol, não perco chaves, sou sempre cuidadosa com as minhas coisas, mas acessórios de que gosto muito perco com uma facilidade tremenda. Ou porque ficam mal presos, ou porque prendem em alguma coisa que não percebo na altura e caiem. Quando chego a casa já não os tenho, como foi o caso de ontém. Infelizmente este ano já foi um brinco que tinha trazido da Turquia e agora o coração e tudo quando estou de regresso a casa do namorado. Será praga?

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Dos truques mais velhos do mundo

Ontém já estava deitada e o tlmvl toca ás 1h32 da madrugada. Tenho dois telemoveis, um 96 outro 93. Atendi a chamada que foi feita para o meu tlmvl optimus por um número 96 que não conheço nem tenho identificado. Ninguém falou. Desliguei a chamada e voltei a dormir. Hoje de manhã lembrei-me do incidente de ontém á noite e peguei no tlmvl 96 para ligar para o número que tinha atendido e do qual ninguém dissera palavra. Não atenderam, esqueci o assunto.
Faz meia hora e recebi uma msg a dizer - Olá Susana tudo bem? Então ligaste para mim passado tanto tempo? E eu olhei para aquilo sem fazer a minima ideia de quem fosse. Pensei que talvez pudesse ser a Lena, uma amiga da minha mãe que está sempre a perder o tlmvl... Respondi, que tinha enviado msg porque tinha recebido um tlf na noite anterior para o meu outro número e não fazia a minima ideia a quem pertencia. O espanto da msg que obtive como resposta - Eu juro que não liguei para ninguém. Sou eu o V.... Bom, ex namorados de vez em quando têm esquemas estranhos e este é mais um... Tem os meus dois números de tlf, quando devolvo a mensagem sabe logo que sou eu e claro tem um tlf esquisofrénico e com vontade própria que faz chamadas durante a madrugada assim que o dono adormece. Tipico!
Disse-lhe - ok não faz mal deve ter sido sem querer. Respondeu logo, pois intencional não foi de certeza. Pareces chateada... Fica bem. Beijinhos
Ai e o que eu detesto gente que diz fica bem, querendo dar um ar de indiferença quando por dentro estão a borbulhar. Esta frase do - pareces chateada... era para dar uma continuidade é conversa, se eu estivesse interessada, claro está. Não lhe disse mais nada. Acho estranho estes homens com quem se tem um namoro breve, há mais de dois anos que não o vejo, não tenho qualquer noticia dele nem me interessa e de repente porque têm uma noite em que estão sozinhos ou aborrecidos, lembram-se de um dos mais velhos e esfarrapados truques de sempre que é o - Liguei, mas não fui eu! Nem sabe se já estou casada, se tenho filhos, se me mudei para outro país. Nada disso interessa, só aquele pensamento repentino de ligar para alguém do seu passado. Homens esquisitos estes!


terça-feira, 10 de julho de 2012

Ai a Gula...

No domingo quando o V me ligou a perguntar se queria moelas gizadas para o almoço do dia seguinte, disse logo que sim! As moelas estavam estragadas... passei a noite toda a caminho da casa de banho e esta manhã toda na cama. Depois de uma canja feita pela sogra e de uma passagem pelo hospital, estou de volta a cama. Os gizados em que eu me meto...

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Diz que...


E estes foram os brincos que o sr fofinho me ofereceu em Guimarães. Pequenos em prata e muito brilhantes.


E hoje os meus amigos ofereceram estes pelo meu aniversário. Um pouco maiores, menos discretos e cheios de cristais swarovski cor de rosa, lindos que só eles! O que têm um comum estes dois pares? O brilho. Devo concluir que os outros me veêm como uma pessoa brilhante?

sábado, 7 de julho de 2012

Serviço público feminino

Porque os blogs também servem e muito para tratar destes assuntos. Aqui fica a minha experiência sobre duas pilulas contraceptivas que usei. Durante muitos anos tomei a Diane 35 com a qual me dei sempre lindamente. Entretanto a farmaceutica sugeriu começar a usar a yasmin porque era melhor para o controlo de peso. Contudo nunca tive problemas com aumento ou diminuição de peso por causa da toma da pilula, ainda assim vá de experimentar esta menina.

E o resultado foi que ao fim de 3 meses a tomar a yasmin começaram a aparecer derrames nas minhas pernas e o peso permaneceu igual. Este mês já voltei para a minha adorada Diane 35 cujo o único efeito que tem além do contraceptivo é deixar o meu cabelo menos oleoso e controlar o aparecimento de pelos e borbulhas. Just perfect!

quinta-feira, 5 de julho de 2012

About last nigth

Já há algum tempo que esta rúbrica não se vê por aqui e neste caso seria mais um about last week, pois faz precisamente 8 dias que fomos jantar ao Darwin's.
Escolha minha, afinal o aniversário foi meu. Escolhi uma mesa na esplanada visto que na semana passada até estava bastante calor. O espaço tem um localização maravilhosa e está muito bem decorado. Jantar com esta vista é sempre agradavel...


Sr Fofinho ainda resmungou qualquer coisa sobre ser um local um bocadinho snob, mas é normal que sendo um dos restaurantes mais in deste ano tenha sempre alguns "pintas", mas nada de exagerado e também rapidamente lhe passou essa ideia quando a comida chegou à mesa. A sangria branca era bastante boa e a comida estava divinal! Os risottos deles são maravilhosos e a escolha que eu fiz foi particularmente feliz - lombinhos de pato com risotto de laranja. É definitivamente um restaurante a voltar, principalmente durante o verão.

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Acabadinha de chegar daqui



E este ano o descalabro foi controlado. Fiquei por um anel para fazer conjunto com os brincos que o Sr Fofinho me ofereceu em Guimarães e por uns brincos com pedras semi preciosas para usar com um vestido de noite (não consegui resistir, os pobrezinhos gritavam que só ficavam fantásticos nas minhas orelhas e eu acreditei neles), depois coloco aqui umas fotos. De resto foi o habitual, doces conventuais para os pais e este ano queijos para os pais e para os sogros. Mesmo assim não comprei nem metade do que queria, mas já voltei satisfeita e estafada.

Just like the movies

Ontém houve um pequeno arrufo no casal Fofinhos, e eu que me devia encontrar com ele á noite resolvi não ir porque iamos discutir e porque estava zangada. Trocou as horas todas, mudou tudo o que me tinha estado a pedir durante dois dias e assim que organizei as coisas para lhe fazer a vontade, deixou de ser importante. Pois a menina aqui ficou chegadinha aos nervos e lá resmungou que já não saia de casa nem ia a lado nenhum. Entretanto tive que passar no hospital para ir buscar a medicação para a mãe, que era urgente e já não falei mais com o sr fofinho que na zona do hospital há pouca rede. Quando estou a voltar para casa vejo as chamadas não atendidas e ligo a explicar que estava aborrecida, que ele não devia ter trocado os planos e os horários que tinhamos combinado, até pq foi a pedido dele... quando de repente depois de estacionar o carro na minha rua e enquanto mantinha esta conversa ao tlmvl ainda dentro do carro, vejo um sujeito aproximar-se muito e abrir a porta do meu carro. Era o Sr Fofinho e ainda a falar ao tlmvl cmg. E eu fiquei tão surpreendida que me esqueci logo porque motivo estava aborrecida com ele, o que importava era que estava ali e que me tinha vindo buscar, porque eu não quis ir ter com ele. Parecia a cena de um filme. Acho que foi das coisas mais românticas que já fez!

terça-feira, 3 de julho de 2012

Não consegui resistir

e numa promoção da perfumes e companhia comprei este difusor de ambiente para o meu escritorio. Gosto do cheiro a alfazema, que me acalma bastante e agrada-me muito que seja um produto português, embora pelo nome ninguém diga... mas pertence á fábrica da klaus porto. Adoro o aroma.


segunda-feira, 2 de julho de 2012

Não tem sido fácil...

São as piores férias de que me recordo, ao ponto de até chegar a pensar se não seria melhor estar a trabalhar. Já estava cansada com os meses de doença da mãe e o seu internamento e já sabia também que quando viesse para casa iria precisar de alguma vigilância pelo que não poderia ausentar-me muito tempo, mas todos os pequenos projectos que tentei realizar nestas férias não tiveram sucesso. Não houve comboio das cerejas porque calhava no primeiro dia de alta médica da mãe. O facto do sr fofinho estar a trocar de carro também limitou muito o nosso tempo e andamos sempre a tratar de coisas durante toda a semana. No dia do meu aniversário estavamos estafados e já não houve passeio a Sintra para visitar algum dos monumentos que tenho na lista e no dia a seguir aos meus anos chegamos tarde ao spa porque ficou retido no banco muito tempo e só houve meia massagem. Este fds também não se concretizou o plano de passar o dia na Comporta. Todas as coisas que tinha planeado não se concretizaram e começo a sentir-me um pouco frustrada e igualmente cansada como quando estava a trabalhar. Depois não há muita volta a dar ao assunto, porque os sitios que quero visitar a dois são para serem vistos durante o dia e já não há mais essa possibilidade até ao final das férias. Há noite não tenho qualquer interesse em sair de casa. Acho que projectei tudo errado e tenho vontade de desaparecer para um sitio bem distante e ficar uma semana por minha conta, sem contactar seja com quem for, sem me pedirem coisas, sem criar expectativas de coisas que não dependem só de mim e que depois não se concretizam.