terça-feira, 31 de janeiro de 2017

A idade certa para ver um filme

Tem essencialmente que ver com a maturidade para a interpretação dos factos ou da história que nos é apresentada. Este ano parece que só existem filmes para adultos muito adultos, na secção nomeados para os óscares. Por exemplo:


Resume-se a perda e culpa. Depois é a capacidade para viver com isso, ou a inexistência dessa capacidade.


Este supostamente seria fácil certo? Um musical levezinho cheio de boas energias e diversão. Para mim, só entende realmente este filme quem amou muito e se esbardalhou à séria. Quem viveu um ou mais amores que reencontra passados 10 anos e é inevitável pensar e se? E se tivesse ficado com ele como teria sido a minha vida? Seria a mesma pessoa? Será que fiz as escolhas certas?
Pois... afinal não é um musical assim tão inocente.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

domingo, 29 de janeiro de 2017

Com Janeiro a chegar ao fim

já posso dizer que estou farta deste inverno?


sábado, 28 de janeiro de 2017

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Se eu fosse

uma daquelas pessoas que colecciona ténis...


quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Todos os dias são dificeis

Quando não se sabe lidar com a perda. Hoje é apenas o dia em que me recordo que o meu pai faleceu, porque todos os outros dias, semanas e meses são vividos em negação. E é um daqueles assuntos que eu sei que só o tempo vai suavizar e apenas isso. É um assunto que não sei nem quero saber como resolver. Fica aqui num canto qualquer tão quieto e mudo conforme o meu humor permitir.




quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

"Regresso ao Palácio - A Viagem Concerto"




Foi giro, mas giro! Uma óptima maneira de começar a treinar o ouvido das crianças para a música clássica sem ter que se tornar numa coisa enfadonha.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

domingo, 22 de janeiro de 2017

Pequenos detalhes

Eu sou uma dessas mulheres.


sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

O meu valor

A esta lista ainda lhe falta juntar as vitaminas e suplementos que consumo diariamente. De qualquer forma deve compensar para a falta de idas ao cabeleireiro. Se agora lhe juntar o custo do ginásio, bem que podem comer 1 kg de pinhões por mês à minha conta que ainda ficam com troco.


quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Suplementos e vitamina C

Nas aulas de enfermagem e primeiros socorros do curso que estou a fazer surgem questões que muitas vezes não estão relacionadas com a matéria, mas como lidamos com profissionais na área da saúde os colegas pensam que elas sabem ou podem responder. Muitas vezes não é bem assim e questiono-me até se será por desconhecimento dos próprios formadores. Então lembrei-me de aqui falar de uma questão que ficou sem resposta na formação e que eu tive a gentileza de explicar ás colegas no intervalo. Tal como existe carência de vitamina C no organismo, pode também existir excesso? a resposta é não. A vitamina C é excretável pelo próprio organismo caso se encontre numa dose maior do que o necessário. Por exemplo, neste momento tomo este suplemento, além do multivitaminico diário.

Além disso como pelo menos um citrino todos os dias. Assim obtenho a vitamina C proveniente da fruta, do multivitaminico e do suplemento. Como é que eu sei que não excedi os limites? Cientificamente não posso medir sem análises, mas sei que se estiver em excesso não só o organismo pára de "pedir" a ingestão de citrinos, bem como os consegue eliminar sozinho em caso de excesso. Quer isto dizer que podem comer todos os citrinos que vos apetece? Sim e não. Se não existir nenhuma condição de saúde que vos impeça disso (como acidez de estômago ou outros problemas gástricos) façam o que o vosso corpo vos pedir.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Só por causa do frio...

Bom, hoje como está mais frio vou dizer que sim às meninas gatas...


Ganhar coragem

Ando a ganhar coragem para escolher um ginásio onde possa fazer um bom treino para tonificar e reafirmar. Isto significa que mais do que aulas de grupo, que sempre foi o que gostei de fazer, tenho que passar tempo nas máquinas que detesto. Mas o que tem de ser tem muita força e agora que as análises anuais ao sangue estão feitas e vão ser vistas pelo cirurgião no final do mês, se estiver tudo bem, e não houver nenhuma carência que implique uns treinos "severos" lá vou eu em Fevereiro iniciar esse castigo.


É mais ou menos isto que vou ter que combater...

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Eu

e das gatas também...


segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

domingo, 15 de janeiro de 2017

Então e as viagens para 2017?

Pois que este ano não há nada planeado.

Sabemos que vai haver um fds em Abril em Arouca, para ver os passadiços do paiva. Fds esse que ganhei como recompensa de Sr Fofinho, por o ter ajudado durante alguns meses e quase todas as noites a estudar para o curso de corrector de seguros, o qual passou com distinção. Eu podia pedir o que quisesse de prenda e escolhi um fds em Arouca.

Também temos a semana anual no Minho para visitar a família dele e na qual este ano me apetece incluir Viana do Castelo e Barcelos, mas ainda vou estudar o caso com atenção.

De resto tenho muitas ideias mas nenhum plano e concreto, o que não é nada comum em mim, mas este ano é o que por cá temos....


sábado, 14 de janeiro de 2017

Um pirilampo

Como muitas vezes acontece quando frequento novos lugares, as pessoas mais despertas para a sua espiritualidade reparam em mim. Deve ser o meu pirilampo interior que nunca se apaga, mesmo quando ando mergulhada nas minhas trevas pessoais. Desde a sra da pastelaria onde vou a meio da manhã a uma série de colegas de curso, todas me procuram para falar dos seus assuntos mais ou menos espirituais. Uma delas, depois de sair da aula de psicologia "caça-me" no corredor e diz - ah eu já sei isto tudo até porque já fiz estudos gnósticos, mas é sempre bom aprender. Também já fiz uma série de niveis de reiki e leitura da aura. Fiz curso de tarot e numerologia e mais qualquer coisa que eu já não me lembro o que era. Posto isto respondi à colega - ainda bem, assim é mais fácil para ti, porque tens a noção que não estás a aprender nada, apenas a relembrar o que sempre soubeste. E ela não soube do que eu estava a falar. Não tenho nem um terço das supostas formações que ela fez e ainda assim se as fez, chego à conclusão que de pouco lhe serviram, porque não conseguiu integrar nada do que aprendeu...


sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Ontem não houve post

Não é que seja uma obrigação escrever todos os dias, mas gosto que este blog tenha uma certa cadência e que no final do ano existam mais de 300 posts publicados. Mas foi um daqueles dias... e a gripe parece que ainda não me abandonou, pelo que por aqui continuamos assim...


terça-feira, 10 de janeiro de 2017

E assim vai o mundo


Claro que nem todas são estrofes perfeitas, tal como nem todos são analfabetos, alguns têm só falta de percepção.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

domingo, 8 de janeiro de 2017

sábado, 7 de janeiro de 2017

Como eu vos entendo

Escolhi o primeiro, mas os outros ficaram a gritar por mim...


quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Quem vos avisa

amiga é. Já aqui disse que cheguei a uma idade em que já não consigo sair à rua sem base no rosto. Isso sai caro, se o fazemos pelo menos 320 dias por ano... Tenho muito boas bases como naars, mary kay ou guerlain,mas não dá para usar todos os dias bases tão caras.Assim e minha base de rotina passou a ser da marca Rituals e tem partículas de "pedras preciosas" o que dá um ar muito luminoso à pele. Não tem uma super cobertura, mas já conta com factor de protecção solar 15 e para o preço que tem serve muito bem. É que ela custa 20.50 euros mas nesta altura de saldos vendem a 50%. Comprar uma boa base por 10 euros é um achado!


quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

1º mudança de 2017


Isto de começar as aulas as 8h de manhã é coisa para me fazer acordar muito cedo e obrigar a ir beber a bica no intervalo, só para me conseguir abster do barulho da sala de aula. Não seria bem mais funcional e benéfico para o organismo beber meio litro de chá matcha durante a manhã? É super energético e purificante, pelo que depois dos excessos da época das festas vem mesmo a calhar. Para ser bom, é caro, mas ainda assim uma embalagem com 20 saquetas corresponde ao custo de beber entre 5 a 6 cafés. Então é só mesmo uma escolha de onde ser quer gastar o dinheiro e do beneficio que se pensa obter.

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

A história de minha passagem de ano


Fui passar o réveillon a casa de uns amigos do Sr Fofinho. Uma vivenda com um óptimo espaço, num bairro agradável de classe média alta, com meia dúzia de pessoas que eu conhecia e uma série de gente que nunca vi na vida. Já tinha uma ideia do género de pessoas que eram embora não conhecesse as esposas. Vai daí pensei, levo ténis umas calças de ganga rasgadas e push up, daquelas que me fazem um bumbum que não tenho e uma blusa engraçadinha com uns brilhos muito simples da primark, não vá alguém pensar que fui a fashion clinic ou a stivali buscar a fatiota da noite. Eu fiz um esforço tremendo para me integrar. A mamã sempre me ensinou que estar bem vestida é usar a roupa certa para as ocasiões. Sabia que uma festa feita na cave de uma vivenda com um frigorífico cheio de minis não pedia mais. Mas nada me preparou para o que lá encontrei e ainda fiz uma descoberta extraordinária.


Existe um grupo de mulheres ao qual eu claramente não pertenço nem sabia que existiam (sim tenho 2 grandes amigas com 3 filhos e outra com 2 filhos que também não fazem a mínima ideia do que estou a falar), que independentemente das idades das crianças, sejam bebés de meses ou crianças de 5 anos todas atingiram o estatuto de posso ser um mono, porque tenho uma cria a cargo.
E não estou a ser uma cabra, porque um dia também posso estar nesse lugar, mas garanto que se não tiver tempo para me arranjar para a festa de passagem de ano, pelo menos penteio e prendo o cabelo num rabo de cavalo, ponho um anti olheiras e um bocadinho de gloss e não uso uma camisola polar. Nem que tenha uma equipa de futebol alguém me vai atribuir mestrado em monice (acabei de inventar uma palavra nova).

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Um bom mote de vida

Para começar o ano só podia ser este...


domingo, 1 de janeiro de 2017

A palavra do ano

Chega a esta altura e as noticias só falam sobre as palavras mais pesquisadas no google e sobre as votações das palavras mais repetidas em conversas. Eu tenho a minha palavra deste ano escolhida há algum tempo e é


E cheguei a um tal ponto que se me perguntarem quem eu era quando tinha vinte anos, tenho uma vaga ideia.  Mas se me perguntarem quem eu era há 3 ou 4 anos atrás, não faço a menor ideia nem reconheço essa sombra do que fui. Mas que estou a adorar ser quem sempre aqui esteve e eu nem sequer sabia isso estou! E se há uns anos dizia com toda a convicção que era amoral sem preconceitos e serena com uma série de assuntos hoje digo que sou simplesmente mulher. E isso é tão mais perigoso e divertido que aquilo que eu alguma vez fui!