sábado, 23 de setembro de 2017

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Este outono é ainda mais importante que os outros

Afinal o bebé até pode querer nascer nesta estação...


quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Major Lazer - Sua Cara (feat. Anitta & Pabllo Vittar) (Official Music Vi...



Quando ouvi pela primeira vez esta música na rádio, achei alguma graça. Entra no ouvido, parece uma daquelas músicas boas para coreografias de zumba tipo, o despacito ou a babando. Cheia de curiosidade cheguei a casa e fui assistir ao vídeo no youtube. É tão mau, que para dar a minha opinião tinha que ser tão explicita, quanto os rabos que se rebolam nestas areias. Assim será melhor que cada um tire as suas conclusões...

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

A que cheira a minha mãe?

Sou daquelas pessoas que fixa aromas. De casas, de viagens, de outras pessoas. Um dos aromas da minha infância era o de Magnólia dos produtos do Marks and Spencer que entretanto fechou em Portugal. Quando estive em Londres trouxe um carregamento de produtos de banho, cremes e perfumes dessa linha. O ano passado renovei o stock em Gibraltar, mas tenho estado a acumular na minha despensa de produtos de beleza, para quando o bebé nascer. Tinha decidido que esse seria o aroma da sua infância, aquele que iria associar a mim.

Entretanto já não tenho a certeza se esta foi uma boa decisão... em primeiro lugar porque tenho muita dificuldade em resistir às novidades e não sei por quanto tempo vou conseguir cheirar sempre à mesma coisa. E depois porque o stock acaba e a marca não se vende em Portugal nem faz envios para cá. Para já devo ter produtos para 1 ano de utilização, depois ou mudo de aroma, ou faço uma viagem até Inglaterra.

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Qualquer coisa assim

Ontem fiz a temida análise dos diabetes gestacionais PTGO. Nem me vou alongar em considerações desnecessárias para um exame que não é fácil e ninguém tem vontade de fazer. Vou apenas dizer que quando comecei a ficar mal disposta e a ver pirilampos por todos os lados pensei - se eu não me acalmo, o bebé vai ficar aflito com a minha aflição e não percebe nada do que se está a passar. Coloquei o disco interior do está tudo bem, isto é tudo normal e corre lindamente. Acho que o bebé acreditou e eu também.


segunda-feira, 18 de setembro de 2017

sábado, 16 de setembro de 2017

Um problema - várias soluções

Aqui em casa as coisas não são fáceis. Somos um casal com poucas coisas em comum e formas de pensar e reagir muito diferentes. É normal que com o passar dos anos certas situações se agudizem. Como é que isto se resolve? Com divórcio? Com conversa? Com cedências? Nada disso... a resposta é bem mais simples. Resolve-se como tudo o resto que se quer bem resolvido - com inteligência. Neste caso inteligência é entender que para todos ou quaisquer questões nas quais eu não sou o problema também não posso ser a solução. É que para ser solução de algo temos que dar a nossa opinião e dizer qual é o caminho e se o nosso companheiro tem sempre uma opinião diferente, além do problema inicial juntamos uma discussão por pontos de vista diferentes.
Por isso, para não chegarmos a isto


Vou demitir-me de todos os assuntos que não me dizem respeito. E olhem que para mim não é nada difícil, além de que tenho tantas coisas com que me preocupar. Daqui a 1 mês faço ponto de situação a ver se a estratégia funciona, mas tenho para mim, que foi a melhor ideia que tive na minha vida.