sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

E hoje acordei diferente

Porque sim eu sei o que é uma depressão - estado agudo de tristeza que incapacita uma vida quotidiana normal. Além da definição clínica também conheço muito bem a farmacológica, que inibe que as sinapses ocorram no nosso cérebro através de químicos. Além de tudo isso já vivi todo esse processo porque podia, tinha alguém que segurava as pontas. Eu amparava a minha mãe e a minha mãe amparava-me a mim. Com o pragmatismo que sempre me assistiu agora não tenho ninguém que me suporte, quanto mais entenda, logo não é preciso ser brilhante para chegar à conclusão que depressão é um luxo acessível a muito poucos e eu já saltei fora desse autocarro há alguns anos. Depressão não é para quem quer, é para quem pode.


quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

A minha dieta natalicia


A sorte é que acho que ninguém reparou no álcool e a escalada só se deu depois de ter cozinhado a ceia, por isso todos puderam jantar sem reclamações.

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Boa companhia

em casa com gripe e super bem acompanhada...


domingo, 25 de dezembro de 2016

Feliz Natal

São os meus desejos e os do Pai Natal!


sábado, 24 de dezembro de 2016

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Tal como para a peixaria também é preciso tirar senha para a Pandora

Não fazia ideia que este natal, tanta gente ia receber prendas da Pandora. Já no Almada forum achei que a loja estava realmente cheia mas ontem no Forum Sintra percebi que funcionavam com sistema de senhas com tolerância de 3 números tal como se faz na peixaria. Então para não ficar fora de moda e caso o pai natal se tenha atrasado com algum presente de última hora, aqui ficam as minhas preferências.






quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Vamos falar de frio

Ontem começou o inverno e esteve um dia realmente frio. Mas onde eu senti realmente frio, foi na viagem à Bélgica. Por isso vou falar sobre uma imagem que vi muito ao longo desta viagem e que não entendo...


O que é isto? Muito bom gosto na escolha das cores e mistura dos materiais, mas será que a senhora só sente frio da cintura para cima? Há uns anos apanhei tanto frio em Londres que comprei numa loja de desporto uns daqueles collants de lã que vendem para quem faz desportos de neve. Lá só os usei 1 vez, mas nesta viagem foi incapaz de sair à rua sem eles vestidos um dia que fosse!

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

E finalmente Bruxelas

Ficou para o fim um dos principais motivos que me levaram a escolher Bruxelas nesta altura do ano - um dos maiores mercados de natal da Europa!


Para começar o voo correu mal. Compramos uma tarifa económica da tap em Setembro. Fomos para o terminal 1 de onde saem os voos das companhias que não são low cost e quando fizemos o check in disseram que não tínhamos lugar porque o voo estava em overbooking, ou seja venderam mais bilhetes que a capacidade do avião, logo os primeiros a ficarem sem lugar reservado são os das tarifas mais acessíveis. Fui reclamar ao balcão da tap e felizmente tudo se resolveu na porta de embarque, mas honestamente é provável que depois deste susto prefira as low cost que me garantem o lugar que paguei sem cenas de overboking porque as tafifas já são todas por designação low cost. A tap perdeu uma cliente para os voos europeus...


E aquilo que vocês aqui vão ver são fotografias de Bruxelas à noite que é quando se destacam as luzes de Natal!

A primeira noite fomos logo ao mercado de natal Plaisirs D'hiver. É só o mercado mais fofo em que já estive e com direito a uma roda verdadeiramente gigante com 55 metros de altura!


A Grand Place enfeitada para o natal é realmente qualquer coisa de inesquecível!


E dicas fundamentais para esta cidade em qualquer altura do ano - fiquem no centro. Os hotéis têm preços acessíveis e o centro histórico de Bruxelas é pequeno pelo que num dia conhecem tudo a pé. Vão com espaço na mala e algum dinheiro na carteira para gastar em chocolates. A menos que sejam alérgicos vai ser a vossa perdição. 

E a minha última dica é um gosto muito pessoal que adquiri nas minhas passagens por Paris, mas que sei ser um grande desconhecido da maioria dos portugueses - biscoitos speculoos. São feitos com especiarias e embora se vendam todo o ano, são muito procurados nesta época. Uma vez em Bruxelas vão passar por uma maison dandoy! Não sejam desconfiados. Entrem e provem aqueles que são provavelmente um dos melhores biscoitos do mundo!

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Se eu fosse

uma daquelas pessoas que colecciona ténis...



segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

domingo, 18 de dezembro de 2016

Oh well...

de inverno isto é particularmente verdade...


sábado, 17 de dezembro de 2016

Gata Puka foi ao pinterest


E sentiu-se inspirada. Vai daí tentou reproduzir a cena na janela do escritório cá de casa.



Tenho uma gata artista!

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Microdermoabrasão

Esta pessoa que aqui escreve chegou a uma idade em que é impossível sair à rua sem base. Também já não posso ir dormir sem creme de contorno de olhos nem o meu serum advance nigth repair. Agora cheguei a um patamar em que a simples limpeza de pele anual já não chega. Marquei na wells uma microdermoabrasão que actua sobre as camadas mais superficiais da pele, eliminando células mortas, rugas e impurezas. Acima de tudo acho que dá um brilho muito saudável. Depois vos conto se saí de lá com uma pele nova.


quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Be a lady


Esta manhã a enfermeira voltou a atrasar-se para dar a aula o que faz com que se permaneça nos corredores mais tempo do que seria desejável. E oiço eu uma colega dizer o seguinte - ai as que são casadas são as que passam mais fominha...
Verbalizar um disparate destes com a turma só faz dela o contrário de uma senhora. Pensar uma coisa destas também só mostra o quanto está errada. Quanto a mim, só pensei cá com os meus botões - Darling you have no idea... Mas não lhe disse nada, que há certas coisas que uma senhora não precisa explicar...

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Gent ou Gante ou a capital da Flandres

Tantos nome para uma só cidade, que fez parte do condado da Borgonha.




Mais do que factos históricos que todos podem consultar no google interessa-me dar a opinião daquilo que por lá vi e senti. O sentimento foi mesmo de frio. Esta foi de certeza a cidade mais gelada que já visitei. Tem um ar muito cinzento devida à pedra dos edifícios e nesta altura do ano fazia lembrar o nosso Porto. Depois é super cosmopolita e menos virada para o turismo do que Bruges ou Bruxelas. Tem 3 imponentes catedrais praticamente todas seguidas umas às outras e em nenhuma delas se pagou entrada, provavelmente porque estavam todas em restauro. Tudo se conhece bem a pê. Talvez precisem de se deslocar de transportes de e para a estação de comboios como foi o nosso caso. Cada bilhete de eléctrico custa 3 euros.





Tem dezenas de restaurantes e ruas com muito comercio local. A rede de transportes é ampla, mas as informações estão todas em holandês o que obriga a redobrada atenção às indicações se não forem fluentes na língua como é o meu caso. De resto andar nas ruas de Gante é o caos. Funciona tudo ao mesmo tempo e ao mesmo nível. Eléctricos, autocarros, peões, bicicletas, tudo no mesmo piso e sem grande respeito pelos sinais.



E uma vez em Gante há que provar as suas aguarias. Neste caso antes de comer este doce chamado nariz de Gante tive que o experimentar e é melhor na boca do que na cara! Aqui fica uma dica, caso queiram provar este nariz, comprem um saquinho nas bancas de rua que sai a metade do preço do que nas lojas de doces.


terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Se o pai natal passar na Sephora



Um perfume e um conjunto natalício na Benefit.


segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

domingo, 11 de dezembro de 2016

Controlar isto

Muitas situações que ocorrem na minha vida têm sido atenuadas pela minha capacidade de previsibilidade. Mas isso nem sempre é um dom... é que no meio desse raciocínio sou muitas vezes assombrada por suposições que não passam mesmo disso...


sábado, 10 de dezembro de 2016

Grand Hotel Casselbergh

Escolher onde ficar em Bruges é uma tarefa difícil. Em primeiro lugar porque tem uma dezena de hotéis lindos, antigos, charmosos, estilo boutique hotel e depois porque os preços podem ser bem salgados...





Nós escolhemos este hotel de 4 estrelas super bem localizado e com um preço de 150 euros por noite que para a zona em questão não é caro demais. É um hotel super requintado, com produtos L'occitane e bom chá e café no quarto. Têm todos os miminhos para se sentirem rainhas no palácio. Convém é fazer a reserva com alguma antecedência, porque é um hotel que fica lotado muito rapidamente.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Caro Pai Natal

Ontem fizemos o sorteio de amigo secreto no família. Caso o meu amigo secreto consulte o blog com frequência e esteja sem ideias, aqui ficam boas sugestões...

Da H&M


Aos anos que ando para comprar uma camisola de Natal...



Um difusor de ambiente é daquelas coisas que gosto sempre de ter, mas que ficam no final da lista de prioridades, pelo que é uma óptima sugestão de prenda, Estes são da rituals - sakura ou a edição limitada ritual of ligth.


quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Chegou o dia...

Temos andado a protelar a montagem da árvore de Natal, por causa das gatas. Fizemos uma selecção dos enfeites que não se partem para colocar na árvore e finalmente chegou o dia. Vamos ver quanto tempo dura...


quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Bruges

Bruges foi um daqueles sítios que é claramente melhor do que tinha imaginado. Mesmo com temperaturas negativas a visita à cidade foi sempre feita de sorriso na cara.


Por onde começar? A cidade em si é linda, limpa, ordeira, alinhada. É fácil passear por lá mesmo sem mapa. É pequena e dá para conhecer todos os cantinhos a pé. Tem imensas lojas giras, seja com a temática do Natal ou daquelas que têm pequenas preciosidades todo o ano.



Se for mais fácil, perceber o esquema da cidade também podem fazer um passeio de barco pela chamada Veneza do Norte. Demora cerca de 30 minutos e custa 8 euros por pessoa. Honestamente não se assemelha nada a Veneza, seja no norte ou no sul, mas é um passeio essencial, porque permite conhecer a cidade por um outro ângulo.



Anoitece cedo nesta época do ano e a magia das luzes de Natal chega mais cedo. E há tanta coisa para ver e fazer! Mercado de Natal, pista de patinagem no gelo, concertos, animações na rua, beber um vinho ou um chocolate quente!




Para mim Bruges será sempre uma cidade tirada de um livro de contos de fada, mas nesta altura do Natal tem mais encanto.