segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

A festa de Natal da empresa

Este ano promete!
Lá fizeram orelhas moucas á crise e vamos jantar no restaurante Tromba Rija (finalmente este ano escolheram um sitio onde se come bem) e depois temos o bar estado liquido por nossa conta.
Festinha privada com bar aberto (nem quero pensar nas carinhas que me vão aparecer á frente na 4f de manhã, dps de tanto alcool).
Agora o que eu acho mesmo, mas mesmo giro é a maneira como fazem os convites orientando a indomentária. É um hábito generalizado desde há uns anos a esta parte dizer traje formal ou informal. Isto para mim é uma aberração! Então quando dizem para vestir uma roupa formal, estão a insinuar que andei embrulhada num saco de sarapilheira, em bloco sem qualquer forma ou contorno durante todo o ano? Porque é que não pensam antes na origem das palavras? Ora se é formal é porque tem forma... Simplifiquem usem as palavras de sempre, traje de gala, traje casual, traje de cocktail, é que assim já nos entendemos!
Então este ano temos um palavrão novo - Dress code bussiness casual.
Daqui retiro que os homens não precisam levar gravata. Mas e as mulheres?
É que a mim não me ocorre ir para um jantar de Natal vestida como vou para um almoço de negócios. Vamos simplificar outra vez - não é casual de todo -não é de gala - talvez seja um cocktail mais leve?
Pois se isto é uma mixordia em que ninguém se entende aqui a menina este ano leva um vestido mais curto que os habituais e em vez de saltos altos umas sabrinas de verniz que dão mais jeito para dançar.
Esperamos um modelito mais ou menos como este. Se é bussiness casual, penso que não e fico satisfeita por não ser, que já a palavra me parece medonha por si só.

2 comentários:

menina lamparina disse...

Primeiro que tudo, o mais importante: o vestido é brutal.
Segundo: Tromba Rija? :D Acreditas que eu vivo entre Leiria e Coimbra e nunca fui ao Tromba Rija em toda a minha vida?? ahahahahah

btw, espero que depois da festarola nos contes acerca dos resultados desse dress code. Fiquei curiosa! :D
Beijinho*

Estagiário disse...

Queriducha... sabes bem que há quem ande embrulhado em sarapilheira o ano inteiro e quando chega o jantar de Natal, a única diferença é que para além do saco de sarapilheira, levam os lábios besuntados com uma cor berrante qualquer e uma encharpe de lantejoulas... :p