domingo, 11 de dezembro de 2011

A conta gotas

Um dia o Sr Fofinho disse-me que gosta que as pessoas se vão conhecendo aos poucos, que não revelem logo tudo. Ora eu quando gosto de alguém não ponho qualquer barreira. Essa pessoa fica a saber todos os meus hábitos, rotinas, todos os sitios onde me pode encontrar, todos os meus amigos e familia (estou a falar de alguém de quem gosto mesmo para namorar e ser um companheiro), mas com o fofinho tem que ser feito tudo aos poucos. Ele foi abrindo a sua vida para mim a conta gotas, sempre com muitas reservas mas também progredindo muito. Entretanto lembrei-me que poderia fazer um programinha surpresa que lhe desse a conhecer uma parte de mim que durante os 4 anos em que nos conhecemos e os 10 meses em que namoramos ainda fosse secreta. E então hoje de manhã foi comigo ao supermercado comprar sacas de ração (eu já tinhas umas mantas no carro) e levei-o ao canil dos amigos dos animais da Aroeira do qual eu sou sócia e já fui voluntária. Embora já não faça lá voluntariado há dois anos, porque houve uma altura em que trabalhei com folgas rotativas e deixei de puder ir aos fds, vou lá sempre que posso. Pelo menos umas 4 vzs por ano e na altura do Natal é certo que além de pagar as cotas vou levar ração para os cães e ás vzs caixas de medicamentos que sobram dos meus bichinhos e depois passam o prazo se não as der. Hoje fomos os dois fazer a visita natalicia e ele gostou. Estou desconfiada que ainda gosta mais de bichos do que eu (o que não é fácil) e disse-me que também quer ser sócio da associação para ajudar o canil o que me deixou muito contente.
Depois da visita ao canil, mostrei a casa onde passava os meus fds durante a minha infância e fomos almoçar á costa num restaurante a 200 mts da praia. Outra das coisas que gosto de fazer são estes almoços junto ao mar nos dias com sol de inverno. Hoje foi o meu dia de revelar o meu mundo a conta gotas :-)

4 comentários:

Irene Alves disse...

A ternura da foto, a maneira como escreve, o gostar de animais, gostar de ir almoçar à
Costa à beira-mar, tudo coisas que eu também
gosto.Portanto uma boa razão para eu passar
a visitar o seu blogue, sempre que possível.
Bj.
Irene

menina lamparina disse...

Adorei o post e adorei a foto.
Eu também gosto de abrir o jogo, mas sabe bem quando descobrimos coisas novas um sobre o outro, aos poucos. :)*

ao virar da esquina disse...

A foto é realmente uma delicia.

Obrigada pelas palavras Irene, será sempre benvinda ao meu cantinho :-)

Pois é menina lamparina, nós somos assim - pão, pão queijo, queijo. Ninguém pode dizer que não sabe com o que contar da nossa parte.

Beijinhos ás duas

Palco do tempo disse...

belo post **