terça-feira, 13 de março de 2012

Taras e Manias

Gosto de ansiar por um novo livro. O plano de leitura para este ano tem corrido bem e pelo menos 1 livro por mês é lido. Terminei ontém o 2º livro da saga Millenium e agora vou mudar de género literário para não me habituar sempre ao mesmo tipo de escrita. Estou com muita vontade de ler - A Marquesa de Alorna, mas como é um livro muito grande para levar comigo de férias escolhi outro que já coloquei na minha mesa de cabeceira. Gosto deste ritual de ir escolher um novo livro á estante e colocar ali em cima da mesa como que a pressionar para terminar rapidamente aquele que estou a ler. Desta vez o escolhido foi este:

4 comentários:

Estagiário disse...

É uma boa estratégia sim senhora :)

Dulce disse...

Também tenho vontade de ler o livro da Marquesa de Alorna, mas de tão grande que é não dá jeito nenhum (para levar no dia a dia para todo o lado, hábito que tenho).

Esse do José Eduardo Agualusa está na mesa de cabeceira há uns meses porque comecei a ler mas desisti quando veio cá parar outro livro cá a casa que há muito ansiava (o Abraço do JLPeixoto)... além disso, a escrita em português de Angola não é nada fácil, convenhamos... mas um dia destes volto à carga! :)

Palco do tempo disse...

hummm :)

Ao Virar da Esquina disse...

É uma boa estratégia sim e realmente também penso o mesmo que a Dulce em relação ao livro Marquesa de Alorna. É mesmo impossivel transportar numa mochila de viagem, vou ter que o ler aqui em casa.

Entretanto mudei de opinião quanto a escolha do livro. Quando comprei Agualusa pensei que o iria ler em Cabo Verde. Talvez fique para mais tarde.
Peguei na insustentavel leveza do ser, que já quase todos leram (eu sei que tu leste Cátia) e eu ainda ando a marcar passo...