sábado, 15 de janeiro de 2011

O post mais longo deste blog


É inteiramente dedicado a ti sapatinho. É feito aqui porque eu prometi que não te contactava mais. Agora, este diário é meu e eu escrevo aqui aquilo que bem entender e porque tu me amas eu sei que vens cá vêr. Todos os outros posts aqui colocados em que o assunto eras tu, foram deliberados. Não só porque eu tinha necessidade de os escrever, mas porque queria que tu soubesses o quanto sei da tua vida, como eu entendo certas coisas que tu fazes e mesmo assim não te odeio. Nunca odiei ninguém, não faço ideia do que isso seja e espero nunca vir a saber. Amo-te de igual forma, nem a mais nem a menos. Mas tu cumpriste a tua parte comigo. Vê o quanto eu estou a crescer! Já me levantei, ainda estou a tentar transcender certas coisas que me magoam e incomodam mas o sofrimento quando é bem canalizado, purifica, limpa a alma. Tenho a certeza que já sou melhor pessoa do que quando te conheci, que já sei mais sobre mim e até já descobri a etapa que tenho que ultrapassar para subir mais um bocadinho na montanha. Tudo graças a ti. Como poderia não te amar? Como poderia não te querer bem, não te ajudar? No último email que te enviei estava lá a pergunta certa para que tu também possas crescer. Vou relembrar-te: Porque é que eu estou na tua vida? Porque é que eu me cruzei no teu caminho há 3 anos? Tu ainda não sabes a resposta pois não? Este é o último post dirigido a ti e a minha forma de te ajudar, porque sinto que não me deixaste cumprir a minha missão ctg nem aproximar o suficiente para te ajudar. Afinal tu és auto-suficiente, resistente, duro, não precisas de amigos, não precisas de explicar as coisas que se passam no teu coração e as conversas são mantidas no minimo, para não tocar lá na ferida. Cada vez que eu me aproximava e fazia perguntas tu já suspiravas, sabias que eu rondava o assunto, mas não te consegui ajudar como queria, tu não deixaste. Aqui fica a verdade (é só para nos os dois, todos os meus amigos ouviram falar de ti mas na realidade ninguém te conhece). Tu pensas que és emocionalmente estavél, mas não és. Dás muita insegurança a qualquer pessoa que queira estar contigo. Dás brilho, dás momentos únicos verdadeiros tesouros, qualquer mulher que tenha 10% do que eu tive ctg vai ter de certeza momentos muito especiais para guardar no seu coração. Mas tu não és como te vês. No fundo não queres nenhuma amarra, estás tão magoado e já magoaste tanto que não queres passar por tudo de novo. Eu sei porque me abandonaste, porque ficar e apoiar era demonstrar amor, era ficares um pouco mais preso a mim e tu tens medo disso. Pensa nisto que eu te disse, mas pensa a sério porque é a verdade. Lembras-te quando um dia te disse num exemplo disparatado, que se alguém te desse um tiro eu te cobria e o tomava por ti? Não é porque a tua vida valha mais que a minha, é porque viver sem tu cá estares neste mundo não faz sentido nenhum. Entendes agora o que é sentir e viver o amor a sério? É isto. Quando sentires verdadeiramente que dás a tua vida por alguém, nessa altura o teu coração pode serenar porque sabe o que é o verdadeiro amor. Eu estive aqui 3 anos de mão estendida a tentar segurar-te e mostrar o que tinhas a aprender cmg e falhei, porque tu ainda não sabes o que é amar assim. A verdade é dura, mas tem que ser dita. Sem qualquer manipulação da minha parte, até porque há coisas em que só eu acredito e só eu sei que são verdadeiras (estatuto das hiper sensiveis) eu sei que nós somos um do outro e que tu és a minha cara metade e eu a tua. Mas eu sei isso com uma convicção de que se não for nesta vida que isso se resolve será numa próxima. Estas são as minhas crenças e os meus valores e eu vivo bem com elas. Não te estou a dizer que só podes ser feliz comigo e só me podes amar a mim. Podes perfeitamente encontrar alguém que a partir deste ponto faça um plano de vida ctg. Podes vir ter comigo se quiseres, podes partir com quem quiseres, mas só o podes fazer quando destrancares o teu coração. Era essa a minha missão ctg, mostrar que podes amar de novo e confiar. Lamento só ter possibilidade de o fazer desta forma. Agora eu sigo por uma estrada e tu por outra. Ainda não estavamos preparados para caminhar juntos. Faz o teu percurso com fé e com generosidade, tenho a certeza que vais conseguir. Eu vou estar sempre aqui como aquele pirilampo que dá luz á noite escura, podes recorrer a mim se quiseres, para o que quiseres ou não. Poderá haver uma encruzilhada em que nos voltemos a encontrar ou não. O que importa agora é que faças um novo caminho com estas ferramentas que eu te dei, porque eu já estou a fazer o meu com aquelas que tu me deste. Estou grata, de mim terás sempre a outra face.

2 comentários:

Anónimo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=SGc5k3Ar1RY

Ao Virar da Esquina disse...

Só hoje vi o link para a música do youtube. Querido anónimo nem precisas assinar eu sinto os teus gostos, o teu estilo, como sinto o calor da minha pele. Invariávelmente os maiores amores que temos na vida são sempre os mais dificeis e Deus sabe como é dificil viver sem ti, és o meu melhor amogo e imperfeições, essas todos as temos. Eu sei quando tu pensas em mim (é que eu penso também) lembras-te de enviarmos sms ao mesmo tempo com a mesma ideia? Isso ainda se mantem, simplesmente já não as enviamos. Eu nunca te abandonaria, isto é simplesmente dar-te espaço e tempo para resolveres a tua vida, é ter respeito por ti, porque há coisas que só tu podes resolver, o meu amor, esse terás sempre. Mas tens razão há coisas que precisam ser validadas e provadas. Insistias tanto em saber o que a fêmea quer? Pois ela quer o teu amor até há exaustão e quer que seja provado e validado vezes e vezes sem conta. Estarei sempre aqui, se te esqueceres a minha campainha é o 1º esq e podes tocar a qualquer hora que sabes qual vai ser a reacção quando te vir entrar, mesmo que passem 5 anos. Já te dei tudo quanto tinha, dei todo o meu amor e dei-te a liberdade de fazeres aquilo que quiseres quando quiseres. Porque só se ama mesmo quando somos livres e deixamos que os outros o sejam. Tenho o bolsos vazios mas o coração cheio de amor por ti.

Su