domingo, 7 de março de 2010

Gente inconveniente

Sempre que tenho que fazer tempo entre as visitas no hospital dos capuchos aproveito para me sentar num banquinho frente á porta do serviço de hematologia para pôr a leitura em dia. Sejam jornais revistas ou livros. Não vou lá sentar-me para ver quem passa nem para jogar conversa fora com gente que não conheço de lado nenhum e muito menos para saber da evolução dos pacientes dos respectivos visitantes. Mas tudo bem, compreendo que não somos todos iguais e que em algumas pessoas a veia da cusquice e de querer saber da vida alheia pulse mais forte que em mim. Não sei se funciona o termo de comparação de desgraças, para aferir quem esta pior do que nós... mas ainda assim tudo bem, cada um sabe de si. O que a mim me ultrapassa de todo e me deixa quase a espumar é eu estar compenetrada na leitura do ultimo capitulo deste livro que já ando a arrastar desde Fevereiro e ainda assim inisistirem em meter conversa comigo e fazerem questões!!! E eu que até me considero um ser gentil por natureza, obrigam-me a fazer o meu olhar 33 de pessoa distante e altiva (que muitos dos meus amigos e familiares dizem que sou assim naturalmente) e fitar bem aquela gente mais inconveniente que carrapatos a ver se interiorizam que estão a incomodar. Mas o que acontece quando lidamos com pessoas assim é que não entendem ou fingem não perceber que estão a passar dos limites. E se tão pouco compreendem um olhar muito menos entenderão uma longa explicação, pelo que tive que ficar pela versão curta...
- Ouça, voçe ainda não entendeu que estou a tentar ler, e não estou minimamente interessada naquilo que me esta a dizer? Assunto resolvido.
É que existe gente que nos obriga a chegar a estes extremos. Se pudesse escolher não teria sido assim, e até voltei aborrecida para casa por ter tido que falar dequela maneira, mas ás vezes a resolução do problema não se compadece com palavras doces.

2 comentários:

xs disse...

Bom, só poderia ser alguém mesmo muito inconveniente! Com a capacidade que tens de ouvir.... só mesmo alguém muiiiitttooooo chato.

Ao Virar da Esquina disse...

Isso mais o humor de cão com que ando ultimamente...