sábado, 19 de maio de 2012

O porta baggens de Ali-Baba

Ontém ao final da tarde fomos a Carnaxide buscar os bilhetes pra o Jogo do final da taça no domingo. Quem os tinha era um antigo colega nosso, muito divertido. Tão divertido e bem disposto estava ontém que  não resisti em sair do carro e ir lá dar uma palavrinha. Quando lhe pergunto o que esta a fazer profissionalmente, diz-me que trabalha para uma editora e abre o porta bagagens do carro para mostrar 2 caixas cheias de livros!
Os meus olhinhos brilharam e ele perguntou ao sr Fofinho se gostava de lêr... ele responde
- Eu não leio muito, mas a Susana sim.
Então escolham os livros que querem levar para casa entre os que tenho aqui!
Palavras mágicas para os meus ouvidos. Escolhi 3 livros, dois para mim e um juvenil para oferecer a uma das crianças da minha vida. Sr Fofinho que não é muito dado a leituras acabou por trazer todos os livros que o nosso colega lhe colocou nos braços, desde um livro sobre o casamento (que adequado!) a livros cômicos, sobre vinhos, ou estratégias de jogo, acabou por trazer mais do que eu... embora me pareça que a sua leitura não vá ser assim tão breve quanto deveria. Aqui ficam os dois livros que escolhi para mim, no porta bagagens do " Ali-há-livros"

2 comentários:

Imperatriz Sissi disse...

Estou muito curiosa para ler esse da mãe tigre!

Ao Virar da Esquina disse...

Já o emprestei a minha sogra, que eu estou a ler dois livros ao mesmo tempo e ainda vou demorar um bocadinho a pegar neste. Ainda assim dei uma vista de olhos e parece-me que a diferença cultural que nos vamos dando conta ao longo do livro é abismal, principalmente no que toca a educação das crianças.
Se o ler primeiro, faço aqui um post sobre ele.