terça-feira, 26 de junho de 2018

Vamos falar de potinhos

Aquilo que realmente me faz confusão são os fundamentalismos seja em relação ao que for. Mães que só dão comida de boião são tão fundamentalistas como aquelas que só dão comida feita em casa. Por aqui faço 2 a 3 sopas por semana. E os purés de fruta também. Mas também compro alguma comida de boião para quando vamos sair ou alguma emergência. E porque as emergências acontecem, na semana passada o bebé não comeu uma sopa que tinha 3 dias de frigorífico, senão tivesse um potinho de comida já feita, não havia almoço para ninguém. Então para que servem os fundamentalismos?



3 comentários:

alfacinha disse...

A ideia de comer só comida de boia acho horrível
bjs

Cynthia disse...

Não discordo totalmente, mas acho que existe uma diferença entre quem SÓ dá comida de compra e quem SÓ dá comida feita em casa. É que a que é feita em casa não é tão prejudicial. Eu já dei de compra várias vezes também... mas não acho bom fazer disso um hábito.

Susana Correia Dos Santos disse...

É isso mesmo. Comida de potinho é excepção, mas não pode se o - vá de recto Satanás lol