sexta-feira, 7 de setembro de 2012

As tribos do ginásio

Este já é o terceiro ginásio que frequento e em todos me deparei com a mesma situação: as tribos femininas que se formam no ginásio. Há as que estão lá simplesmente para perder peso. Não gostam de lá estar, vão por necessidade e com a ajuda de muita desciplina. Como é um sitio onde não gostam de estar e essencialmente é para suar, qualquer roupa serve. Por norma são as calças e as tshirts mais velhas que têm no armário. Não são fieis a determinadas aulas, núcleos ou professores, saltitam um pouco por todas as actividades para não cairem na rotina, que é o pior que pode acontecer a alguém que já vai para o ginasio por obrigação. - Este é o meu caso.
Depois existe o caso das que vão para o ginásio por prazer. É um tempo de seu dia que têm ocupado, fazem amizades com meninas que também trabalham para o culto do corpo. E o que é que isso inclui? Ténis para cada tipo de aula que frequentam, tops e calções a combinar as cores. São as primeiras a chegar para obterem os cartões de acesso as aulas, juntam-se no balneario para falar umas das outras e dos professores que dão as aulas. Curiosamente usam todas a mesma marca de creme de corpo e deitam um olhar ameaçador a qualquer nova alminha que tente participar numa aula. Afinal o espaço é delas.
Talvez por isso a minha amiga que já frequenta este ginásio há alguns meses, ainda não tenha tido coragem de ir a uma aula sozinha. Confesso que na 3f também não fui, porque cheguei atrasada, porque não conhecia o ginásio, porque não a encontrei e porque naquele dia era muito tentador ter a companhia do namorado no ginasio a fazer cardio. Acabei por ir com ele, mas bem olhei para a sala onde estava a decorrer a aula de zumba e vi aqueles olhinhos hostis a quererem dizer - tu não pertences aqui.
E é por isso mesmo que na próxima 3f eu vou a aula, com ou sem amiga. Porque sempre que alguém me tenta mostrar que eu não pertenço áquele sitio, eu mostro sempre que onde quer que seja posso ter o meu lugar.

3 comentários:

Imperatriz Sissi disse...

Nunca gostei do ambiente de ginásio, por essas e outras. Como gosto de privacidade, tenho as minhas maquinetas em casa. Mas se é o método que funciona para ti, fazes muito bem em impor-te. Era o que faltava! Por outro lado, acho que quem gere o espaço devia zelar para que a casa tivesse não só boas condições, mas um ambiente onde as pessoas - clientes, afinal - se sintam bem.

Palco do tempo disse...

e fazes tu bem
bom fim de semana :)

Ao Virar da Esquina disse...

Ás vzs temos mesmo que nos impor e depois logo vemos como é que as pessoas lidam com isso. Isto é muita mais facil de fazer quando se tratam de estranhos, e aqui é esse o caso. Assim que for a aula coloco um post a contar a aventura.