sexta-feira, 22 de junho de 2018

A nova falta de ar (dos outros)

Ai porque à noite o João faz sempre birra para dormir e só adormece com a mãe! Tens que lhe tirar esse hábito porque se não quando for para a creche vai ser um problema... O João adormece sozinho para todas as sestas do dia, na sua caminha. Ponho a chucha, ligo o mobile, dou uma fralda para amassar e vou a minha vida.


Primeiro pensamento - tu queres ver que esta gente pensa que eu vou pôr a criança na creche à noite?

Segundo pensamento - se só adormece comigo, menos mal. Pior se só adormecesse com a mãe do vizinho do lado...

quinta-feira, 21 de junho de 2018

Suspiro





A mala Alis é a mais gira que a Tous colocou na sua colecção de verão desde a magnifica colecção paipai. Pena estas colecções serem limitadas...

terça-feira, 19 de junho de 2018

Um cansaço que vem nunca se sabe bem de onde

Depois de ser mãe a mulher passa por um cansaço que muitas vezes não sabe de onde vem, porque pode vir de qualquer lado. Desde as noites mal dormidas, ao amamentar (que também pede um esforço extra ao nosso organismo) às imensas tarefas que se multiplicam, principalmente quando se tem um companheiro pouco colaborante. Mas depois também existe toda uma parte biológica, hormonal que precisa de voltar ao devido lugar. No meu caso os 6 meses seguintes a ter o João foram premiados com extensas perdas de sangue e muitas dificuldades em me adaptar à pílula. Se durante toda a gravidez tive que temor suplemento de ferro porque tinha níveis de hemoglobina baixíssimos, o facto de perder sangue de forma continua depois do bebé nascer fez com que essa situação se agravasse e agora faço parte do oficial clube das anémicas, que é tudo aquilo que uma mulher quer ser quando tem um bebé pequeno para cuidar. Vamos ver se resulta com isto...

Ainda assim, até para ir à loja comprar é todo um esforço e um cansaço, porque já passei a manhã toda na rua a tratar de assuntos e agora que o bebé dorme a sesta, só me apetece dormir também...

segunda-feira, 18 de junho de 2018

terça-feira, 12 de junho de 2018

TULLY - Official Trailer [HD] - In Theaters May 4

Tão bom, mas tão bom este filme! Li algures que faz muito sentido para famílias que têm vários filhos. Aqui temos só um e acreditem que faz todo o sentido. Fomos ver os dois, porque tive com quem deixar o João para podermos ir ao cinema. Espero que a minha contra parte tenha entendido a mensagem e comece a ajudar mais aqui por casa em com o bebé...



segunda-feira, 11 de junho de 2018

domingo, 10 de junho de 2018

sexta-feira, 8 de junho de 2018

Feito para mim

Detesto pessoas que aparecem sem avisar!


quinta-feira, 7 de junho de 2018

A conclusão que não é uma novidade

Os testes de aferição deste ano concluem que os nossos alunos não sabem raciocinar ou interpretar. Portanto não é uma questão de serem aplicados a estudar ou empinar. Aquilo que deixei de ver foi crianças a lerem, entretidos nos seus tempos livres com um livro. Estão sempre na companhia de um tablet, um telemóvel ou um computador. Parece que as novas tecnologias não ensinam a raciocinar ou interpretar texto...


quarta-feira, 6 de junho de 2018

Saudade






Porque é cheia de certezas.

terça-feira, 5 de junho de 2018

Crise dos 7 anos

Diz que todos os casais passam por isso, nós aqui por casa também. E podia dizer que o bebé acrescenta tensão à nossa relação, mas muito pelo contrário até suaviza certas situações. Um filho não salva um casamento, mas no meu caso, faz com que tenha um bocadinho mais de tolerância e paciência para as falhas do meu companheiro.


segunda-feira, 4 de junho de 2018

sábado, 2 de junho de 2018

Escolher a creche para um filho

O João vai entrar para a creche em Setembro, porque não tenho capacidade financeira para o puder manter em casa comigo mais tempo. Vai melhor que a maioria dos bebés que entra com 5 ou 6 meses para um berçário. Estiquei e aguentei o máximo que consegui e vai ficar comigo até aos 9 meses. Muito por vontade e esforço pessoal, porque para o pai era indiferente que ficasse em casa até essa idade. A creche já foi escolhida, depois de visitarmos todas as creches da nossa freguesia e de o ter inscrito numa das 2 ipss que o concelho tem e não ter tido vaga. Provavelmente na outra ipss teria, mas não gosto das instalações nem das condições por isso não considerei. Assim o João vai para um colégio privado, que tem desde o berçário até ao 4º ano. É seguramente o mais caro da nossa freguesia e um dos mais caros do concelho de Almada. E o preço importa? Não se pudermos pagar obviamente. Então qual foi o critério? Além daquilo que está à vista, com instalações adequadas, espaçosas, construidas de raiz, comum grande espaço exterior para poderem brincar à vontade, foi o único sitio que não me pareceu um simples depósito de bebés. Onde não se agenda apenas uma visita, mas uma entrevista com a directora e se conhece o staff. Onde há um pediatra que faz uma avaliação ao bebé antes de ingressar no colégio e que está presente todas as semanas. Onde há um método pedagógico, onde se ensina de acordo com a metodologia da escola moderna. Há um plano curricular anual apresentado aos pais. A mesma educadora é quem acompanha o João em todos os anos, desde o berçário à entrada na escolaridade obrigatória. Felizmente nós conseguimos pagar um colégio assim para o João, mas não deixo de pensar naqueles pais que querem dar uma maior qualidade de educação aos seus filhos e o retorno que têm é um mapa semanal em que se assinala quantas vezes a criança fez cocó durante o dia e se coloca um smille a indicar se comeu bem ou não. Isto basta para educar uma criança? Claramente não... mas diria que 80% dos espaços que fomos visitar não apresentaram mais que isto.


sexta-feira, 1 de junho de 2018

Primeiro dia da criança do João

E o que é que fizemos? Brincamos mais e passeamos, apesar de eu estar super constipada e a tomar antibiótico para uma amigdalite. Acordei de rastos mas determinada a termos um dia ainda mais feliz. E o que é que um bebé de 5 meses precisa para ser ainda mais feliz no dia da criança? Mais mimo, mais atenção e mais brincadeira!

 E sim, a casa está cheia de pó. Mas eu decidi ficar em casa para cuidar do meu filho, não foi para ser doméstica de profissão.



quinta-feira, 31 de maio de 2018

Parece que tem que se verbalizar

Sim quero ter mais um filho. Aliás, se vivesse com mais dinheiro teria 3 filhos. Como não jogo no euro milhões vou ter mesmo que ficar pelas duas crianças.


quarta-feira, 30 de maio de 2018

Kitkat Rosa

Uma daquelas raras situações em que a publicidade via redes sociais está a produzir efeito cá por casa. Estou desejando experimentar este menino!


terça-feira, 29 de maio de 2018

Não dá tempo

Este ano não irei à feira do livro. É inútil ir comprar livros quando neste momento não consigo encontrar tempo para os ler. Os que comprei no ano anterior, foram todos lidos. Todos livros sobre gravidez, maternidade e primeiro ano do bebé. Mas desde que o João nasceu, consegui ler umas 3 revistas sobre bebés e pouco mais. Sozinha numa casa com 9 assoalhadas, o bebé, 1 cão, 2 gatas e um marido que sai às 7h da manhã e chega às 21h não me permite regressar às leituras.


segunda-feira, 28 de maio de 2018

domingo, 27 de maio de 2018

sexta-feira, 25 de maio de 2018

4 meses de bebé João






Os 4 meses do bebé João foram passados no Porto. Prova de que não é assim tão difícil viajar com bebés. Foi também no hotel que o deixei ver desenhos animados pela primeira vez. Não é de todo um hábito mas foi uma forma de o começar a sentar visto que não gosta muito dessa posição. Na verdade a partir dos 4 meses foi quando comecei a notar mais alterações no comportamento dele. Manifesta-se muito mais e tivemos várias semanas com 9h seguidas de sono nocturno!

quinta-feira, 24 de maio de 2018

quarta-feira, 23 de maio de 2018

terça-feira, 22 de maio de 2018

Prazer da Natureza - Vilar de Mouros








Quando se faz férias em família com uma criança passamos a procurar alojamentos que nos facilitem a vida com toda a parafernália de coisas que carregamos para o nosso filho. Um espaço com cozinha passa a ser fundamental para poder tratar das refeições do bebé. Se poder ter sala e quarto separados melhor ainda, para que enquanto a criança dorme, os pais não fiquem preocupados por fazer barulho no quarto e acordar o bebé. Depois é bom ter um espaço envolvente seguro e com diversões para manter a criança entretida. Este alojamento em Vilar de Mouros é ideal para famílias, e não leva ninguém à falência ( a menos que decidam jantar todas as noites no restaurante do hotel). Fica a poucos km de vários locais engraçados para passear o fazer praia, tal como Caminha, Vila Nova de Cerveira ou Vila Praia de Âncora. Nós gostamos tanto que pensamos repetir a dose no próximo ano, sendo que o João já terá 1 ano e meio e pode usufruir da piscina e dos equipamentos existentes de uma outra forma.

segunda-feira, 21 de maio de 2018

domingo, 20 de maio de 2018

Depois de tudo isto

Não sei se foi boa ideia, o pai tornar o João sócio do SCP com apenas 1 semana de vida...


Estilo disse ela


A roupa certa para esta altura do ano. Nem muito quente nem muito fria.

sexta-feira, 18 de maio de 2018

Má lingua

Hoje apetece-me dizer aquelas coisas que me passam pela cabeça e que raramente comento. Desde que sou mãe que sigo muito mais blogs relacionados com o assunto e já tive dois pensamentos malvados...

1- O azar daquelas senhoras que têm como profissão o blog e ser influencer e depois as crianças não colaboram. São feios e ficam mal em todas as fotografias.

2 - Gente tão obcecada com alimentação biológica e vegetariana, porque é o melhor para a saúde da sua cria, e depois e criança passa metade do ano doente :-(


segunda-feira, 14 de maio de 2018

quarta-feira, 9 de maio de 2018

Vilar de Mouros








Pequenino, com 2 cafés, 2 restaurantes fechados, uma mercearia e um multibanco. Cheio de praias de rio e paisagens deslumbrantes. E gosto de guardar esta imagem sem a confusão dos festivais de verão.

terça-feira, 8 de maio de 2018

Um dia da mãe diferente

Tendo em conta a miséria que foi este ano, no próximo não posso correr riscos. Vou ter que começar a pensar em festejos de mãe e filhos sozinhos. Afinal quem é mãe solteira ou divorciada também celebra com o seu rebento em vez de o fazer em família...


segunda-feira, 7 de maio de 2018

Quando se tem o pior dia da mãe

E o pior foi logo o primeiro. Não há como voltar atrás e fazer novamente o primeiro dia da mãe. E se sempre fui pessoa de perdão fácil, desta vez, não consigo nem perdoar nem esquecer. É como se fosse aquela nódoa que cai na nossa camisa preferida e nunca mais a conseguimos voltar a usar.


quinta-feira, 3 de maio de 2018

Sim sou eu






Nunca fui assim, foram as circunstâncias que me obrigaram a isso. Já que é para ser... que cumpra bem esse meu novo papel e se possível que me divirta nesta nova produção!

segunda-feira, 30 de abril de 2018

sexta-feira, 27 de abril de 2018

segunda-feira, 23 de abril de 2018